AViajes.com - Central de Reservas de Hotéis e Apartamentos

boton-menu

AViajes.com - Central de Reservas de Hotéis e Apartamentos

210020021
Reserve seu Hotel

Ovar



A população de Ovar se encontra situada no Distrito de Aveiro, ao norte da capital do distrito e muito perto do litoral, 35 quilómetros ao sul de Porto. Graças a sua localização privilegiada e a sua proximidade com o mar, onde se encontram maravilhosas praias, e com a Ria de Aveiro, fazem de Ovar uma população que aumenta consideravelmente na época de veraneio.

HISTORIA OVAR


Ainda que não exista restos arqueológicos que o confirmem, parece provável que a ocupação humana nesta zona se remonta a tempos pré-históricos. Oficialmente as primeiras menções sobre a população tiveram lugar na Idade Média, mais concretamente no século XI.

Ovar tem suas origens na união de diversas aldeias da zona. Graças a abundância e a riqueza natural de um território banhado pela Ria e pelo Mar, a população gozou de um grande desenvolvimento. A economia estava baseada principalmente no sector primário, na agricultura e na pesca, além da indústria de sal e o artesanato. Esta prosperidade permitiu que o ano de 1514 se concedesse o seu primeiro Foral das mãos do rei D. Manuel I.

O constante desenvolvimento se acentua de forma importante com a introdução de novas técnicas de trabalho, esta modernização afectará a pesca e a conservação dos alimentos, logrando assim uma maior produção e qualidade dos produtos.

A população, que até o momento havia conservado seu carácter tradicional, sofre uma intensa transformação a meados do século XX com a chegada do processo de Industrialização. A indústria, caracteriza-se pela diversidade das actividades, passa a empregar a maior parte da população activa e o sector primário, mesmo que não desaparecesse, se vê reduzido de forma considerável.

Nas últimas décadas se incrementou o sector de serviços e o comércio para satisfazer as necessidades dos turistas que acodem a desfrutar das duas magnificas praias durante as férias de verão. Também vale a pena passear pelas ruas da zona histórica da cidade para desfrutar das características fachadas, revestidas de azulejos do século XIX e XX, motivo pelo qual Ovar é considerada Cidade Museu do Azulejo.

PASSEIO TURISTICO OVAR


Igreja Matriz de Ovar - Ovar - A Igreja de Ovar foi construída a finais do século XVII e sofreu numerosas reconstruções no decorrer da sua história. Situada no centro histórico da população, é um templo de planta longitudinal com três naves separadas por colunas, duas capelas laterais, dois púlpitos e coro. Destaca-se sua imponente fachada, revestida de azulejos e com duas torres sineira, na qual se encontra um pequeno nicho com a imagem do padroeiro São Cristóvão do século XV, considerada a peça mais antiga do templo. No seu interior se encontra uma das sete Capelas dos Passos, a Capela do Pretório.


Capelas dos Passos Situadas na zona histórica da cidade, as sete Capelas dos Passos foram construídas a meados do século XVIII e constituem o conjunto arquitectónico e artístico mais interessante da cidade, depois da Igreja Matriz. O conjunto é formado pela Capela do Pretório, Passo do Horto o Senhor Caído por Terra, Passo do Encontro, Passo do Cireneu, Passo da Verónica, Passo das Filhas de Jerusalém e O Calvário. Representam cenas da Paixão de Cristo através de imagens muito expressivas, sendo a maior de todas, a do Calvário com mais de vinte figuras. São consideradas de Interesse Público desde o ano de 1949.


Capela de Santo António A Capela de Santo António é um templo construído no século XVII e situado na Praça do Município. Sua arquitectura combina os estilos maneiristas e barroco, e a sua fachada está decorada com azulejos do século XX. Em um dos lados da sua fachada tem uma torre sineira acabada em forma piramidal. Os retábulos de madeira do seu interior pertencem ao século XVIII e estão pintados de branco e ouro. É conhecida pela tradicional missa que benze o gado, que se realiza todos os anos o 13 de Junho, junto a igreja.


Museu de Ovar O Museu de Ovar foi inaugurado no ano de 1961 na Rua Heliodoro Salgado. Seu interior acolhe diversas salas entre as que se destacam estão a sala da colecção de bonecas com seus trajes tradicionais de 30 países diferentes, a Sala do Mar, a Sala da Cozinha Típica, Sala dos Utensílios agrícolas, etc. Também resultam de interesse as colecções de peças de etnografia africana, pintura e escultura. Uma das suas principais atracções é a exposição de Vestes Tradicionais da região de Ovar.


Jardim dos Campos O Jardim dos Campos de Ovar é um amplo jardim com forma rectangular. É uma das zonas arborizadas mais importantes da população. No seu interior encontra-se no Museu Júlio Dinis.


Museu Júlio Dinis - Uma Casa Ovarense O Museu Júlio Dinis, Uma Casa Ovarense, encontra-se a casa onde viveu um dos grandes autores clássicos da literatura portuguesa, situada na Rua Júlio Dinis, Jardim dos Campos. Sua obra abarca diferentes géneros como são a poesia, o teatro e o romance. Está classificada como Imóvel de Interesse Público desde o ano de 1984. Foi doada por sua família à Câmara Municipal no ano de 1989 e aberta ao público no ano de 1996.


Casa Museu de Arte Sacra
(Ordem Terceira de S. Francisco)
A Casa Museu de Arte Sacra, situada na Rua Gomes Freire, expõe em seu interior imagens, vestuário sacerdotal, pinturas, porcelanas, etc. Algumas das suas imagens são utilizadas nas procissões, especialmente a de Nossa Senhora da Conceição do século XVIII. No exterior a parede de azulejos que cobre a fachada, conta com o símbolo da Ordem Terceira de São Francisco.


Chafariz de Neptuno O Chafariz de Neptuno se ergue sobre o centro da cidade e é considerado um dos símbolos de Ovar. Foi inaugurado no ano de 1877, sendo o primeiro abastecimento público de água da população.

MAPA OVAR

PROCURAR HOTEL

Guias