AViajes.com - Central de Reservas de Hotéis e Apartamentos

boton-menu

AViajes.com - Central de Reservas de Hotéis e Apartamentos

210020021
Reserve seu Hotel

Lagos



Nas suas origens Lagos foi uma aldeia de pescadores que com o descobrimento no século XV se converteu em um importante centro naval, pelo que sua história esteve sempre vinculada ao mar. O município conta com algumas das melhores praias de Portugal. Meia Praia e os areais de Dona Ana e do Camilo oferecem serviços aos visitantes, estes que podem praticar desportos náuticos em sua amplia baía.

HISTORIA LAGOS


Diversos achados arqueológicos demonstram a presença humana na zona desde os tempos pré-históricos. O nome primitivo de Lacohriga, parece demonstrar a origem celta da cidade, cerca de 2.000 anos a. C.

Sua situação estratégica atraiu a diferentes civilizações que visitaram a zona, os fenícios, gregos, cartagineses e romanos. Mas foi no século X com o domínio muçulmano quando a pequena aldeia de pescadores adquiriu importância e a cidade é cercada por muralhas.

Depois da reconquista cristã no século XIII, a cidade incrementa sua importância. O governo militar se translada de Silves a Lagos. No ano de 1361 passa de pertencer ao Bispo de Silves a constituir-se como Vila e Concelho com jurisdição própria.

O século XV surge como o século de ouro para a cidade, sua situação privilegiada frente a África e sua proximidade a Sagres à concedeu um papel fundamental como centro naval durante os 'Descobrimentos'. Se converteu então no centro do comércio de produtos exóticos trazidos de África, o qual enriqueceu enormemente toda a cidade.

Durante o século XVI se produziu uma nova expansão urbana, no ano de 1573 foi elevada a categoria de cidade e serve como residência dos governadores do Algarve. Antes que Faro, Lagos foi a capital do Algarve desde 1576 até 1756.

Actualmente, Lagos é a cidade costeira de maior interesse histórico do Algarve. Sua costa também é conhecida como a Costa Dourada pela cor amarela das rochas das suas praias. Nesta cidade o turista poderá desfrutar de um lugar perfeito para a prática de todo o tipo de desportos.

PASSEIO TURISTICO LAGOS


Castelo dos Governadores O Castelo dos Governadores foi construído pelos árabes e foi conquistado no ano de 1189 por D. Sancho I. No século XIV foi a sede dos governadores do Algarve. Foi reconstruída no século XVIII e se encontra situado no Jardim da Constituição na Avenida dos Descobrimentos. Se considera uma das referencias da cidade de Lagos.


Ermida de São João Baptista A Ermida de São João Batista é uma construção dos séculos XV e XVI. No seu interior se encontra uma capela-mor de planta octogonal. No decorrer da sua história sofreu diferentes reconstruções destacando a produzida a finais do século XVIII em consequência do terramoto que arrasou toda a zona no ano de 1755.


D. Sebastião O monumento dedicado a D. Sebastião, personagem que concedeu o título da cidade a Lagos no ano de 1573, se encontra situado na Praça Gil Eanes. É uma escultura realizada por João Cutileiro, considerada como uma das esculturas mais belas do país. Foi inaugurada no ano de 1972.


Forte da Ponta da Bandeira O Forte da Ponta da Bandeira é uma construção de finais do século XVII situada na Avenida dos Descobrimentos. Serviu como fortaleza para a cidade de Lagos. No seu exterior se pode ver seu fosso em bom estado, uma ponte levadiça e sua porta. No seu interior alberga uma capela dedicada a Santa Bárbara na qual se destaca uma importante colecção de azulejos do século XVIII. Actualmente se utiliza para diferentes actividades, mostras de arte e artesanato e destacando sobretudo a tradicional festa chamada Banho 29, nas quais se tem como costume o banho a meia noite do dia 29 de Agosto para purificar-se, se realizam espectáculos de música e se serve comida típica.


Igreja de Santa Maria ou da Misericordia A Igreja de Santa Maria conhecida também como a Igreja da Misericórdia encontra-se situada na Praça Infante D. Henrique e foi construída nos séculos XV e XVI. É considerada pelo povo como a Igreja Matriz depois de substituir a de Santa Maria da Graça que foi destruída pelo famoso terramoto do ano de 1755. No seu portal renascentista com colunas dóricas se encontram os bustos de São Pedro e São Paulo. No seu interior se alberga diferentes imagens do século XVIII entre as que destacam a de Nossa Senhora da Assunção, a de Nossa Senhora da Piedade e a do Menino Jesus situada na sacristia.


Museu de Lagos O Museu de Lagos situa-se na Rua General Alberto da Siqueira da Silveira, anexo a Igreja de Santo António. Foi fundado por José dos Santos Pimenta Formosinho no ano de 1932. No seu interior se exibem diferentes peças arqueológicas de várias épocas. Destaca uma importante colecção de arte sacra composta por imagens do século XVII e XVII.


Igreja de S. António A Igreja de Santo António situa-se anexa ao Museu de Lagos. Foi construída a princípios do século XVIII, destruída em consequência do terramoto do ano de 1755 e reconstruída no ano de 1769. No interior da igreja se encontra um dos maiores tesouros artísticos de Algarve, composto por um grande conjunto de talha barroca de Gaspar Martins e de Custódio de Mesquita. Suas paredes estão revestidas de azulejos em azul e branco, característicos do século XVIII. Está classificada como Monumento Nacional desde o ano de 1924.


Santuário de Nossa Senhora dos Aflitos O Santuário de Nossa Senhora dos Aflitos é uma típica ermida rural de paredes brancas dedicadas a São Pedro de Pulgão. Sua fachada é barroca com um portal manuelino do século XVI. Se localiza nas proximidades da área arqueológicas do Monte Molião. No seu interior se encontra as imagens de São Pedro, São Luis, padroeiro dos animais, e a Nossa Senhora dos Aflitos. Se realizam diferentes romarias em homenagem aos santos.


Igreja de S. Sebastião A Igreja de São Sebastião foi construída nos séculos XIV e XVI sobre os restos de uma antiga ermida dedicada a Nossa Senhora da Conceição. Sua fachada se encontra dominada por uma torre sineira na qual se destaca um bonito relógio. No seu interior destaca-se um retábulo do século XIX situado na capela-mor e diferentes imagens, destacando a do Senhor Crucificado e sobretudo a da Nossa Senhora da Gloria que tem uma altura considerável. Anexa a igreja se encontra a Capelo dos Ossos.


Mercado dos Escravos O Mercado dos Escravos se encontra situado na Rua da Graça, Praça Infante D. Henrique. Em origens, século XV, foi utilizado para intercâmbio dos primeiros escravos trazidos da África. Actualmente é utilizado para realizar diferentes exposições temporárias.


Muralhas de Lagos As Muralhas que rodeavam a cidade de lagos foram edificadas durante os reinados de D. Manuel I e de D. João III sobre anteriores construções. Ainda hoje uma grande parte das muralhas se conservam em bom estado, podendo ser visitada a porta de São Gonçalo presidida por duas grandes torres, e uma janela estilo manuelino conhecida por ser o lugar onde D. Sebastião assistiu a uma missa antes de partir à batalha de Alcácer Quibir.


Zoo de Lagos O Zoo de Lagos foi inaugurado no dia 16 de Novembro do ano de 2000, apadrinhado por Maria João e José Raposo. Situa-se na freguesia de Barão de São João, muito próxima a cidade de Lagos. Tem uma extensão com mais de 3 hectares. E é o lugar ideal para os amantes dos animais e da natureza. Dispõe de sala multiusos com biblioteca e videoteca, clínica veterinária, cozinha onde se prepara a dieta dos animais, diferentes lojas onde se pode comprar todo o tipo de presentes, parque infantil, bares, restaurantes e um jardim onde se realizam casamentos, baptismos, etc.


Igreja Matriz - Odiáxere - A Igreja Matriz de Odiáxere foi reconstruída no século XVIII, consequência do terramoto sofrido no ano de 1755. Seu portal é estilo manuelino com uma formosa decoração. Seus altares se encontram imagens do século XVIII, destacando a de um Cristo de Marfim.


Igreja Matriz - Luz - A Igreja Matriz de Luz é de origem medieval. Possui uma capela-mor com abóbada e destaca-se em seu altar-mor um retábulo em talha dourada do século XVIII.

MAPA LAGOS

PROCURAR HOTEL

Guias