AViajes.com - Central de Reservas de Hotéis e Apartamentos

boton-menu

AViajes.com - Central de Reservas de Hotéis e Apartamentos

210020021
Reserve seu Hotel

Aveiro



Aveiro é uma cidade emergente da costa agraciada com um tesouro natural formado pela ria, a Ria de Aveiro. A cidade conta com uma das universidades mais importantes do país. Conta com uma única praia, a Praia de São Jacinto, situada no litoral norte, formando parte da Reserva Natural de São Jacinto.

HISTORIA AVEIRO


Acredita-se que foi fundada na época da dominação romana baixo o nome de Aviarium, mas as primeiras referências da população de Aveiro correspondem a um documento do ano de 959. No século XIII a população foi elevada a categoria de Vila.

O porto de Aveiro adquiriu grande importância durante a época dos Descobrimentos, contribuindo de forma significativa ao desenvolvimento económico do país. O rei D. Manuel I lhe concedeu no ano de 1515 seu primeiro Foral.

Aveiro se ergue sobre uma extensa planície rodeada de montanhas e vales, durante o século XVI se forma a Ria que banha toda a zona e cruza a cidade, que passa então a ser considerada como a Veneza Portuguesa.

A importância adquirida pela população a leva no ano de 1591 a receber o título de Vila Notável. Mas no final do século XVI e principios do século XVII começa uma época de grande decadencia pelo fechamento do canal que unia a ria e omar, corrompendo gravemente a economia.

No ano de 1759 é elevada a categoria de cidade por D. José I. A principios do século XIX, com a construção de a Barra Nova e a abertura da linha férrea, a cidade revive seus melhores tempos. Outro importante impulso tem lugar no ano de 1973 com a criação da Universidade de Aveiro.

Hoje em dia como capital da região destaca além da beleza de sua costa, por sua perfeita combinação do carcter tradicional dos bairros próximos a Ria e a grande modernidade das recentes zonas urbanas.

PASSEIO TURISTICO AVEIRO


Sé Catedral de Aveiro A Sé Catedral de Aveiro, antiga Igreja de São Domingo, encontra-se na Praça do Milénio e é um dos monumentos mais importantes da cidade. É um templo com planta de cruz latina e nave única com capelas laterais, que formavam parte do Convento de S. Domingo. Foi consagrada no ano de 1464 e reconstruída nos séculos XVI, XVII e XVIII. No seu interior destacam-se as peças de grande valor, localizadas nas capelas laterais, na Capela da Visitação um retábulo mostra a Virgem de Santa Isabel, e a Capela da Nossa Senhora do Rosário uma bela imagem de S. Domingo, ambas do século XVI. Hoje em dia é a sede do Bispado de Aveiro.


Convento de Jesus O Convento de Jesus situado em frente a Sé Catedral, na Praça do Milenário. É um convento da Ordem Dominicana fundado por D. Brites Leitoa no século XV. Sua fachada actual pertence ao século XVIII na qual se destacam seus portais. O convento abriga no seu interior o Museu de Aveiro e a Igreja de Jesus, decorada em talha barroca e revestida por painéis de azulejos do século XVIII que representam momentos da vida de Princesa Santa Joana. No interior da igreja se encontra o túmulo barroco da princesa.


Museu de Aveiro O Museu de Aveiro encontra-se na Avenida Santa Joana Princesa. Forma parte das dependências do Convento de Jesus e é considerado como um dos museus mais importantes de Arte Sacra do país. Foi fundado no ano de 1911 e no seu interior se exibem numerosas colecções de pintura, talha, azulejaria, etc. Entre as mais destacadas encontra-se uma colecção de arte barroco portuguesa do século XVII e XVIII. Também merece especial destaque os túmulos no interior do museu, o do Duque de Aveiro, de D. Gabriel de Lencastre e de João de Albuquerque, Senhor de Sá.


Igreja das Carmelitas A Igreja das Carmelitas, também conhecida como a Igreja de São João Evangelista, situa-se na Praça Marquês de Pombal. Foi construída no século XVII formando parte do antigo Convento das Carmelitas. É um templo de planta longitudinal e sua arquitectura religiosa combina os estilos maneiristas e barroco. Está revestida de talha dourada de três épocas diferentes e de belos painéis de azulejos do século XVIII. Destacam-se as pinturas que decoram os tetos da nave e os coros, pertencem aos séculos XVII e XVIII, e representam cenas da cidade de Santa Teresa de Jesus.


Jardim e Parque Infante D. Pedro O Jardim e Parque Infante D. Pedro, situa-se na Avenida Artur Ravara. É uma área densamente arborizada com uma grande variedade de flora e fauna. No interior do parque tem um belo lago onde os visitantes podem realizar passeios em barco, também pode-se visitar o Museu de Caça e Pesca. Este parque é considerado o pulmão da cidade, um lugar ideal para passear e descansar.


Museu de Caça e Pesca O Museu de Caça e Pesca forma parte do Parque do Infante D. Pedro. No seu interior se exibe uma interessante e variada colecção de fauna autóctone, mamíferos, peixes e aves, de especial interesse para os amantes do género.


A Universidade A Universidade de Aveiro, situada no Parque da população, foi fundada no ano de 1972 e é considerada uma das universidades mais importantes do país. O edifício, com uma excelente arquitectura em harmonia com a cidade, foi desenhado pelos arquitectos contemporâneos portugueses de maior prestígio. Desde sua inauguração ofereceu à cidade uma nova vida cultural, muito mais activa graças a alegria da juventude. Seu campus é uma pequena cidade com espaços naturais e composto por aproximadamente 40 edifícios, edifícios de ensino, administrativos, residenciais, bares, restaurantes, zonas desportivas, lavandarias, banco, bibliotecas, salas de espectáculos e conferencias, jardins, etc.


Igreja da Misericórdia A Igreja da Misericórdia de Aveiro foi construída na actual Rua de Coimbra entre finais do século XVI e meados do século XVII. Destaca-se em seu portal, revestido de azulejos do século XIX, o grandioso portal em cujo centro encontra-se a imagem de Nossa Senhora da Misericórdia, considerada como um claro exemplo do Renascimento. Seu interior está revestido de azulejos e nele destaca-se sua capela-mor.


Capela de Nossa Senhora da Alegria A Capela de Nossa Senhora da Alegria situa-se na Rua de Sá e é considerada um dos templos mais antigos da cidade de Aveiro. Destaca-se no seu interior a capela dos painéis de azulejos do século XVII que decoram sua nave.


Igreja de S. Gonçalos A Igreja de São Gonçalos foi construída no século XVIII e encontra-se no Largo de São Gonçalinho. É uma capela de planta hexagonal irregular e sua arquitectura combina os estilos maneiristas e barroco. O retábulo e as imagens do interior pertencem ao século XVIII. Todos os anos se realizam uma festa em homenagem ao santo, uma das mais características da população.


Igreja do Convento do Carmo A Igreja do Convento do Carmo foi construída no século XVII e situa-se na Rua do Carmo. Nas suas origens formava parte do conjunto do mosteiro que foi mandado construir por D. Beatriz de Lara, sendo o único que se conserva. É um templo de características maneiristas e na sua fachada tem um nicho do século XVII com a imagem da Virgem e o Menino. No seu interior se expõe esculturas de grande valor artístico e telas que representam cenas da Paixão de Cristo. Destacam-se os altares dos séculos XVII e XVIII.


La Ría de Aveiro A Ria de Aveiro, formada pelo mar no século XVI, estende-se paralelamente ao mar desde a população de Ovar até Mira, com uma distância de 47 quilómetros de longitude e 11 Km de largura. A ria tem uma enorme riqueza ecológica e nas suas águas habitam uma grande quantidade de animais e plantas. Considerada como um dos mais importantes e belos acidentes hidrográficos da costa portuguesa. No interior da ria destacam a produção de sal que se realizam em suas numerosas salinas, considerada como uma das actividade tradicionais mais características de Aveiro, e suas embarcações típicas, os moliceiros. Suas marismas se encontram atravessadas por canais, estuários e por numerosas ilhotas. Toda a ria possui umas condições excepcionais para a prática de todo o tipo de desportos náuticos.


Reserva Natural das Dunas de São Jacinto A Reserva Natural das Dunas de São Jacinto tem uma extensão de aproximadamente 700 hectares e pertence ao município de S. Jacinto. Situa-se muito perto de Aveiro no cordão litoral norte da Ria de Aveiro. Está formada por praias, marismas, dunas, matas, etc. No interior da reserva foram criados charcos de água doce sendo o mais conhecido a 'Pateira', frequentado por numerosas aves aquáticas. Destaca-se a sede da reserva, situada na Mata Nacional do Choupal, uma interessante colecção em miniaturas das embarcações típicas da ria, Moliceiro. Toda a reserva natural é um lugar ideal para realizar passeios pela formosa natureza que a envolve.

MAPA AVEIRO

PROCURAR HOTEL

Guias